Quinta-feira, 21 de  fevereiro de 2019

Segmento LGBT prepara projetos para os municípios

Imprimir
Escrito por Luciane Ferreira |  Categoria: Coluna Socialista
 |  Acessos: 6

A partir de março o Segmento LGBT do Partido Socialista Brasileiro no RS iniciará um mutirão de confecção e encaminhamento de projetos de lei em referência a pauta LGBT para as Câmaras Municipais representadas pelos nossos companheiros Socialistas.
O Secretário Estadual do segmento, Thiago Abreu e a a secretária de projetos Bruna Alves serão os responsáveis pelas proposições. As contribuições devem ser enviadas para o e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo..

 

SSB intensificará atuação

Imprimir
Escrito por Luciane Ferreira |  Categoria: Coluna Socialista
 |  Acessos: 25

 

O presidente em exercício do PSB/RS coordenador da Bancada na Assembleia Legislativa, Mário Bruck, recebeu nessa quarta-feira (13) a coordenação estadual do Sindicalismo Socialista Brasileiro - SSB. Os dirigentes do movimento sindical apresentaram o panorama do segmento no estado e informaram que em breve se reunirão para elaborar o planejamento estratégico do próximo período. A ideia é ampliar a atuação do segmento.

"Os movimentos organizados são de fundamental importância por fazerem o contato do partido com as bases. Vemos com bons olhos a organização do SSB para intensificar sua atuação nos municípios", afirma Mário Bruck.

Participaram da reunião o secretário-geral do PSB/RS, Vicente Selistre; o secretário estadual do SSB, Marcelo Freitas; e os dirigentes Aclenei de Jesus, Claudio Cunha, Leonise Nichele e Sophie Schell.

 

Texto e Foto Ana Luiza Godoy- Assembleia Legislativa 

 

JSB participa da 11ª Bienal da UNE, em Salvador

Imprimir
Escrito por Luciane Ferreira |  Categoria: Coluna Socialista
 |  Acessos: 40

 

 

Integrantes da Executiva Nacional da Juventude Socialista Brasileira (JSB) participam da 11ª edição da Bienal da UNE (União Nacional dos Estudantes). O evento será realizado até o dia 10 de fevereiro, na Universidade Federal da Bahia, em Salvador. Também participam da Bienal os deputados Danilo Cabral (PSB-PE) e Lídice da Mata (PSB-BA).

Os jovens socialistas trabalham neste momento na elaboração do planejamento estratégico do segmento para a gestão 2019-2020.

Estamos reunidos para fazer uma reestruturação da JSB, traçando metas e planos para essa gestão. Nesse momento de muita dúvida quanto ao futuro do país, precisamos renovar os quadros e modernizar o nosso partido para entender e corresponder aos anseios da população”, disse o secretário nacional da JSB, o gaúcho Tony Sechi.

Daquilo que o socialismo defende e no que o socialismo acredita, nossa intenção é reforçar esses conhecimentos e buscar novos horizontes, incluir novos atores no processo e fortalecer o PSB cada vez mais”, complementou.

O evento comemora 20 anos e é considerado a maior mostra estudantil da América Latina, pois congrega agora a UBES (União Brasileira dos Estudantes Secundaristas) e a ANPG (Associação Nacional de Pós-Graduandos), somando mais de 10 mil estudantes de todo o país.

A Bienal conta com convidados políticos e produtores culturais, além de homenagear Gilberto Gil e sua obra como artista e ex-ministro. A programação cultural tem shows, oficinas, apresentações teatrais, visitas guiadas em Salvador, debates, conferências e rodas de conversas sobre assuntos que vão desde a questão quilombola, o projeto Escola sem Partido, políticas de financiamento e os desafios enfrentados pela educação brasileira, até a liberdade de imprensa e de redes no Brasil.

 

Assessoria de Comunicação/PSB Nacional

Foto: Divulgação

 

Stédile se licencia da presidência do PSB/RS

Imprimir
Escrito por Luciane Ferreira |  Categoria: Coluna Socialista
 |  Acessos: 36

Neste sábado (09) a Executiva Estadual aprovou o pedido de licença do presidente José Stédile. Ele irá se dedicar exclusivamente ao trabalho na Secretaria Estadual de Obras e Habitação, que assumiu no dia 1º de fevereiro. O primeiro vice-presidente,Mario Sander Bruck, assume o cargo e terá a responsabilidade de conduzir o partido na execução do planejamento elaborado neste final de semana. "Este é um ano muito importante para o PSB traçar estratégias e se fortalecer. Sigo contribuindo e trabalhando para o crescimento do nosso partido, tenho certeza que o Mário tem muita competência para dar sequência às ações", justificou Stédile.

Rogério Salazar faz balanço da Secretaria de Obras

Imprimir
Escrito por Luciane Ferreira |  Categoria: Entrevistas
 |  Acessos: 96

Foto Saul Teixeira- Ascom/SOP

Prestes a passar o comando da Secretaria Estadual de Obras e Habitação (SOP) ao deputado federal e presidente do PSB/RS, José Stédile, Rogério Salazar faz um balanço de sua gestão e destaca as principais conquistas da pasta. Contabilizando o período em que Fabiano Pereira foi secretário, os socialistas coordenam a Secretaria há um ano e oito meses.

PSB- Como foi a experiência de comandar uma das mais importantes secretarias estaduais do RS?

Salazar: Fui um grande desafio pessoal e profissional. Assumi a pasta em abril de 2018 com o compromisso de dar continuidade ao trabalho de destravar obras em todo o Estado e contribuir com o desenvolvimento dos municípios. Sempre primamos pelo trabalho coletivo e integrado com as demais secretarias, sobretudo em relação as pastas da Educação e da Segurança Pública. Obras em escolas estaduais, além da construção e reformas de delegacias, quartéis e presídios estão entre os principais frutos dessa parceria.

PSB- Quais as principais obras públicas realizadas durante a gestão do PSB à frente da Secretaria?

SalazarEntre tantas conquistas, acredito que a retomada da obra de construção do Centro Regional de Excelência em Perícias Criminais do Sul, o IGP/RS, é um dos principais símbolos. O IGP terá um modelo inédito no Brasil, servindo como referência aos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná. A nova estrutura permitirá o treinamento e o intercâmbio de conhecimento entre profissionais de todo o território nacional.

Outro destaque foi a retomada das obras no Instituto de Educação Flores da Cunha, também em Porto Alegre. A restauração do prédio começou em 2016, mas após o rompimento com a vencedora da primeira licitação a obra foi paralisada e retomada em outubro do ano passado. Agora ela está a pleno vapor e o prazo para conclusão é de 18 meses.

Também é preciso salientar a conclusão de 16 quadras poliesportivas cobertas no padrão FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação). Os investimentos em educação são sempre bem-vindos, ainda mais com viés no esporte, que sempre é uma porta para a formação de valores da juventude. Cada real aplicado na educação é refletido diretamente na formação e no entretenimento de toda a comunidade escolar.

Em Cruz Alta, por exemplo, estamos investindo cerca de R$ 11 milhões na ampliação da Escola Margarida Pardelhas, que beneficiará 800 alunos. Mas destaco também as pequenas obras realizadas em dezenas de escolas. Algumas com intervenções singelas, como troca do telhado, reparo de assoalho, mas todas carregadas de um grande simbolismo e fruto de empenho, dedicação e persistência de toda a comunidade escolar. Fiz questão de assinar muitas ordens de início de obras nas próprias escolas justamente pelo valor emblemático do investimento e tive o prazer de presenciar diretores e professores emocionados, muitas vezes chorando, e realizados pela concretização de seus sonhos. Esse é o verdadeiro sentido do serviço público: garantir melhorias concretas à população. Ainda mais em matéria de educação, que é um recurso aplicado no futuro, mas também com resultados positivos já no presente.

Realizamos, ainda, muitas obras nas escolas da Fase (Fundação de Atendimento Sócio-Educativo do Rio Grande do Sul). Recentemente estivemos em roteiro em Pelotas acompanhando uma dessas intervenções. O investimento de R$ 1 milhão é resultado de um convênio entre a Fase e a Secretaria Estadual da Educação, no valor total de R$ 10 milhões, em mais uma prova da importância do trabalho conjunto entre as secretarias.

PSB- Na área da Habitação, quais as principais conquistas?

Salazar: A construção de unidades habitacionais em parceria com municípios e o governo federal, através do programa Minha Casa Minha Vida, norteou nossas ações no departamento de Habitação. Foram entregues ou estão em execução 3.413 unidades habitacionais. Também destacamos a doação e a transferência de áreas às prefeituras e a doação de terrenos ao DNIT para a construção das alças de acesso à segunda ponte do Guaíba.

PSB- O senhor poderia detalhar as ações?

Salazar: Realizamos a construção de 238 unidades habitacionais no Loteamento Água Azul, em Arroio dos Ratos, com a contrapartida do governo do Estado de R$ 1.190.000,00. As obras já foram entregues! Em Bagé, iniciamos a construção de 600 unidades habitacionais no município. O governo do Estado fez a doação de áreas da extinta Companhia de Habitação do Rio Grande do Sul (Cohab/RS), avaliadas em R$ 1,5 milhão para viabilizar o empreendimento.

A construção do Loteamento Edgar Pires de Castro, localizado no bairro Belém Novo, em Porto Alegre, é outro grande legado. O governo do Estado realizou chamamento público para a construção das 1.344 unidades habitacionais. Elas serão divididas em 1.200 apartamentos e 144 casas dentro da Faixa I do Programa Minha Casa Minha Vida, contemplando famílias com renda de até dois salários mínimos. Serão cinco condomínios, sendo quatro com 300 apartamentos cada e um com 144 casas, em um investimento previsto de R$ 114 milhões. Em Gravataí, temos o residencial Breno Jardim Garcia, localizado na parada 103 da ERS-030. Considerado um dos maiores empreendimentos habitacionais do Programa Minha Casa Minha Vida no sul do país, o loteamento beneficiará 2.025 famílias com renda de zero a três salários mínimos. Nesta semana estão sendo entregues as chaves para as primeiras famílias. No total o governo do Estado investirá R$ 5,6 milhões neste loteamento.

Em junho também foi assinado o convênio para construção de duas unidades habitacionais no município de Gramado. O repasse do Estado foi de R$ 61.560,00 com a contrapartida do município de R$ 32.505,31, totalizando R$ 94.065,31. No mês seguinte outro convênio foi firmado para construção de 32 casas destinadas a famílias de baixa renda no município serrano de Canela. O investimento total foi de R$ 720.000,00.

PSB- A Secretaria também atua na regularização fundiária. Ainda existem muitos imóveis da extinta Cohab a serem regularizados?

Salazar: Somente em 2018 regularizamos 1.833 imóveis em todo o Estado num montante de 709 áreas que já estão incluídas no Programa de regularização fundiária, envolvendo 12.438 famílias. Nos imóveis da Cohab são 49.770 imóveis a regularizar a propriedade. Nos últimos dez meses conseguimos avançar na regularização 965 unidades habitacionais, sendo que nos últimos quatro anos foram 3.691 unidades regularizadas.


PSB- Até o final de dezembro, a Secretaria englobou a área de Saneamento, incluindo a Corsan. Quais as conquistas no setor?

Salazar:No Saneamento, a Corsan praticamente universalizou o abastecimento de água no RS, entretanto, ainda há o desafio de avançar na expansão do tratamento do esgotamento sanitário. A renovação do contrato da Companhia com diversas prefeituras, bem como a aprovação da PPP da Corsan, que busca universalizar o saneamento em nove cidades da Região Metropolitana, dialogam com o desafio.

Tivemos também o lançamento do Plano Estadual de Saneamento do Rio Grande do Sul (Planesan-RS). Ele estabelecerá as diretrizes e as ações prioritárias para o saneamento em todo o estado para os próximos 20 anos, levando em consideração a realidade e as peculiaridades de cada região. O projeto será desenvolvido ao longo de dois anos e abrange os quatro eixos do saneamento: abastecimento de água, esgotamento sanitário, limpeza urbana e manejo de resíduos sólidos e drenagem de águas pluviais urbanas.

Ainda estivemos diversas vezes no litoral norte autorizando e celebrando investimentos. Exemplificando, no final do ano passado inauguramos o novo Centro de Controle Operacional do sistema integrado de Xangri-Lá e Capão da Canoa. Com investimento é de R$ 1,3 milhão, o CCO vai melhorar o gerenciamento dos sistemas de água e esgoto. Na mesma data vistoriamos a obra da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Guarany, em Capão da Canoa. Antes disso, o governo estadual entregou a Estação de Tratamento de Água de Capão da Canoa, que teve investimento de R$ 48,4 milhões. Em Osório, participamos da inauguração da ETE, com investimento de 26 milhões de reais. São ações que nos honram bastante, gerando emprego, renda e desenvolvimento aos municípios. E, principalmente, é uma obra que dialoga com os desafios da saúde pública.

Não podemos esquecer, ainda, dos 437 poços artesianos perfurados em 159 municípios. Com investimento de R$ 11.179.367,88, centenas de famílias tiveram o conforto, a comodidade e a dignidade de terem água em suas torneias.

PSB: A SOP também possui o departamento de Desenvolvimento Urbano:

Salazar: Exato! Mais de 80 cidades foram atendidas pela contratação de horas máquinas ou pelo empréstimo de maquinário para a manutenção de estradas vicinais e a limpeza de arroios. O valor investido foi de quase R$ 5 milhões. Através da Consulta Popular, foram investidos mais R$ 2.732.791,00 para a realização dos mesmos serviços.

 

PSB: Qual é a marca dos socialistas à frente da SOP?

Salazar: Entregar resultados concretos à população e melhorar a qualidade de vida das comunidades. Conseguimos retirar do papel inúmeras obras e ações há tempos aguardadas por centenas de pessoas. Foram muitas ‘novelas’ que chegaram às nossas mesas e que, felizmente, conseguimos garantir um desfecho feliz. Aproveito para agradecer a todos os servidores, diretores, gestores, funcionários e colegas pelo trabalho dedicado e competente. Sem a excelência de todos certamente não teríamos chegado aos expressivos números que atingimos.

Sub-categorias

Produção, desenvolvimento e manutenção: