Quinta-feira, 18 de  abril de 2019

Encontros Regionais reúnem mil socialistas de cem municípios

Imprimir
Escrito por Luciane Ferreira  |  Categoria: Blog
 |  Acessos: 250

 

 

Quase mil socialistas de cem municípios gaúchos reunidos para conferir as ações do partido, as mudanças na lei eleitoral e a palavra das principais lideranças do partido. Esse é o resumo dos nove encontros regionais do PSB, ocorridos na segunda quinzena de março, que terminaram na manhã de ontem (31), em Capão da Canoa. “Não tenho dúvida de que o partido sai fortalecido, empolgado e muito melhor preparado após essa série de reuniões”, afirmou o presidente estadual do partido, Mário Bruck. 

Já no primeiro encontro, na noite do dia 15 de março, em Pelotas, ficou claro que os eventos contariam com o prestígio de todos os socialistas. Prefeitos, vereadores, lideranças locais e filiados de todas regiões, assim como nos outros eventos, compareceram e se manifestaram. Boa parte das reuniões também contou com a presença dos cinco deputados do PSB: os federais Heitor Schuch e Liziane Bayer e os estaduais Dalciso Oliveira, Elton Weber e Franciane Bayer. “É assim que todos os socialistas querem ver o PSB, com gente atuante, participante. Esses eventos regionais são fundamentais para o partido”, analisou o socialista Helio Bogado, o Plotter, uma das lideranças do partido no litoral e presente no encontro de Capão da Canoa.
Na sequência, Mário Bruck e uma comitiva da direção Estadual do PSB, composta por líderes de segmentos e pela secretária de Organização, Maria Elaine Tarelli, viajaram ainda para Santana do Livramento, Santa Maria, Santa Rosa, Passo Fundo, Farroupilha, Santa Cruz do Sul, Porto Alegre e, no encerramento, Capão da Canoa. “Foram visitadas as nove regiões funcionais do Coredes”, lembrou Elaine. “Concluímos a tarefa de deixar viva a nossa proposta de crescimento e fortalecimento do PSB”, continuou.

Dinâmica


Presente em parte das reuniões, o secretário de Finanças, Anselmo Piovesan, mostrou o difícil momento financeiro que o partido atravessa. “Não podemos esconder de nossos filiados a situação, temos de apresentar o quadro como ele realmente é. Mas o mais importante é que estamos enfrentando a situação e buscando alternativas, não medindo esforços para resolver todas as pendências”, afirmou.
Em todas reuniões, Mário Bruck explicou as mudanças eleitorais que estarão vigentes em 2020 e como poderão afetar as eleições. A principal delas é a ausência de coligação na eleição para vereadores – para prefeito, ainda poderá haver alianças. “Se essa regra estivesse valendo em 2016, o resultado seria bastante diferente. Gente que ficou de fora, com a nova regra teria uma vaga na Câmara de Vereadores de sua cidade”, exemplificou. “Quanto mais socialistas souberem da nova fórmula cálculo, mais poderão repassar aos seus pares e, assim, chegaremos mais preparados nas próximas eleições”.
Ao longo do ano, o PSB fará mais encontros a fim de explicar as novidades na legislação.

 

 

 

Texto e Fotos: Renato Gava- PSB/RS

EM PAUTA NA MÍDIA

Mais notícias da Pauta Socialista

MOVIMENTOS SOCIALISTAS

Produção, desenvolvimento e manutenção: