Quinta-feira, 18 de  abril de 2019

Governo do Estado busca experiência de saneamento na Bahia

Imprimir
Escrito por Luciane Ferreira  |  Categoria: Blog
 |  Acessos: 85

 

A perfuração de poços artesianos em comunidades que não contam com o abastecimento da Corsan está entre as funções da secretaria estadual de Obras e Habitação. O deputado federal José Stédile, que assumirá a titularidade da pasta em fevereiro, esteve no Nordeste, nesta semana, conhecendo o trabalho da Companhia de Engenharia Hídrica e de Saneamento da Bahia (Cerb). O órgão é ligado à secretaria estadual de Infraestrutura Hídrica e Saneamento.

A experiência servirá como um dos modelos da SOP para a qualificação dos serviços no Rio Grande do Sul. “A Cerb é referência nacional na perfuração de poços artesianos. Essa troca de experiências é fundamental para abrirmos os horizontes e buscarmos novas alternativas para qualificar a nossa prestação de serviços”, disse Stédile, que foi recebido na quinta-feira (24) pelo diretor de Meio Ambiente e Recursos Hídricos da Cerb, Gilvan dos Santos Lima.

Mesmo com a migração das funções de Saneamento para a secretaria estadual do Meio Ambiente e Infraestrutura, a perfuração dos poços seguirá sendo incumbência da SOP. A confirmação foi do governador Eduardo Leite, durante reunião com o atual secretário Rogério Salazar e com Stédile no dia 17 de janeiro.

Nos últimos quatro anos foram perfurados 437 poços artesianos em 159 municípios do Estado. “Água é dignidade. A perfuração dos poços artesianos é fundamental para o desenvolvimento social e econômico dos municípios. A maioria dos poços atende às necessidades dos pequenos agricultores no interior”, disse Salazar.

 

Texto: Saul Teixeira/ Ascom SOP

Foto: Jean Maidana/Ascom- SOP

EM PAUTA NA MÍDIA

Mais notícias da Pauta Socialista

MOVIMENTOS SOCIALISTAS

Produção, desenvolvimento e manutenção: