Quarta-feira, 12 de  dezembro de 2018

Mulheres Socialistas debatem os desafios da representação política

Imprimir
Escrito por Luciane Ferreira  |  Categoria: Blog
 |  Acessos: 87

 

Nem a forte chuva da tarde desanimou as Mulheres Socialistas que se reuniram no Encontro Estadual no último sábado (1/12) no Plenarinho da Assembleia. Representantes de vários municípios estiveram presentes para debater os Desafios e Rumos para as Socialistas.

 

A secretária estadual de Mulheres, Maria Luiza Loose, a Malu, lembrou que a luta das mulheres deve ser constante para ocupar os espaços de representação política e que os homens também devem se integrar.

 

A abertura do evento contou com representantes da direção partidária como o presidente estadual, deputado federal José Stédile, o vice-presidente, Mário Bruck, o secretário de finanças, Anselmo Piovesan, que também representou o deputado federal Heitor Schuch, e o deputado Elton Weber.

 

Após a saudação inicial Malu convidou todas a mulheres que concorreram no último pleito a comporem a mesa e usarem a palavra, além de receberem uma homenagem especial. “São companheiras corajosas que se dispuseram a enfrentar a campanha em um momento difícil da política”, elogiou. As candidatas a deputada federal Diza Gonzaga, Mari Machado, Ana de Tandera, Sirlei Dias, Marisa Silva e estadual, Nara Paim, Lúcia Castêncio, Olga Oliveira fizeram suas manifestações.

 

Em 2018, o PSB/RS teve 21 candidaturas femininas. Foram 11 candidatas a deputada estadual que juntas fizeram 43.63 votos, e 10 candidatas a federal, que somados os votos chegaram a 118.71.

 

A deputada estadual eleita Franciane Bayer falou do desafio de enfrentar o seu primeiro mandato na Assembleia Legislativa. “Preciso do apoio de todas vocês”, ressaltou. Já a deputada Liziane Bayer, atual deputada estadual, a partir do ano que vem assume a cadeira na Câmara dos Deputados. Ela é a primeira mulher eleita para o cargo pelo PSB gaúcho. Ela reconheceu que há um desgaste e um descrédito junto à população. “Mas só podemos mudar a política para melhor, através da própria política, não há outro meio para fazer isso”, comparou.

 

As mulheres também deliberaram que no caso do PSB ingressar no futuro governo, que os espaços das mulheres também sejam respeitados. “Temos companheiras com histórico de luta e muito qualificadas”, justificou Malu.

 

 

 

EM PAUTA NA MÍDIA

Mais notícias da Pauta Socialista

MOVIMENTOS SOCIALISTAS

Produção, desenvolvimento e manutenção: