Segunda-feira, 23 de  outubro de 2017

Em defesa da nossa Polícia Rodoviária Federal

Imprimir
Escrito por Daniela de Miranda  |  Categoria: Artigos
 |  Acessos: 64

*POR CATARINA PALADINI - Deputado Estadual PSB
Entre os dias 18 e 25 de setembro comemoramos a Semana Nacional do Trânsito. É um período importante para refletirmos sobre as milhares de vidas ceifadas no trânsito anualmente no nosso país e sobre o nosso papel para reverter esses números alarmantes.

Tivemos alguns avanços, mas estamos longe de poder comemorar. Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), o Brasil aparece em quinto lugar entre os países recordistas em mortes no trânsito, atrás da apenas da Índia, China, EUA e Rússia. Neste contexto, onde todos os dias morrem cerca de 100 brasileiros no trânsito, precisamos destacar o importante papel que a Polícia Rodoviária Federal (PRF) cumpre no nosso país.

 A alta velocidade, rachas, ultrapassagens em locais proibidos e o consumo e bebidas alcoólicas são constantes em nossas rodovias e o sentimento de impunidade aumenta ainda mais a irresponsabilidade e os crimes no trânsito. Para combatê-los, a fiscalização permanente e a abordagem por parte dos policiais é fundamental.

 Na contramão, o que assistimos nos últimos anos é o sucateamento da nossa PRF, que para além do seu trabalho no trânsito e educação ainda cumpre importante tarefa no combate ao roubo de cargas e veículos e ao tráfico de drogas. Há um descaso do governo federal quando anuncia, por meio de decreto, a diminuição dos valores previstos para investimentos na PRF em todo o Brasil, ignorando o baixo efetivo policial, a falta de estrutura e os baixos salários.

 Mesmo neste cenário de dificuldades estruturais, a PRF segue contribuindo com a economia nacional, diminuindo o custo social em R$ 6.8 bilhões com a redução de acidentes nos últimos anos. Mesmo sendo um órgão Federal, a PRF tem contribuído muito com o RS e com os nossos municípios na busca de soluções para a segurança pública e a infraestrutura viária, orientando inclusive a necessidade de investimentos prioritários em função do trânsito, como tem feito no caso da necessidade de duplicação da BR 116 no trecho entre Guaíba e Pelotas.

 Pensando na importância da categoria para o Brasil, em especial para o Rio Grande do Sul, lançamos na Assembleia Legislativa, a Frente Parlamentar em defesa da Polícia Rodoviária Federal. Nosso objetivo é criar mais uma ferramenta para auxiliar e fortalecer esta instituição no cumprimento de sua missão de proteger a sociedade, garantindo mais segurança em nossas rodovias federais e aos cidadãos gaúchos. Vamos formar um grupo de trabalho para definir ações estaduais e municipais, em especial na região de fronteira, em parceria com a Comissão de Segurança e Serviços Públicos, para ouvir as prioridades das entidades que representam a corporação. Valorizar e investir nos nossos policiais é salvar vidas!

Mais Artigos da Pauta Socialista

Produção, desenvolvimento e manutenção: